sábado, 29 de outubro de 2016

PAUSA CRIATIVA

É bem assim que me sinto... Olho para a tela em branco diante de mim e o tempo vai passando e absolutamente nada surge em minha mente, aliás, percebo que até a mente está em branco, numa espécie de preguiça, onde tudo entra e nada sai e também não diz para onde vai, crendo eu, que deve se espalhar pelas retinas de meu interior de mulher apaixonada que suga cada gotícula de vida, sem se importar muito bem para onde vai, desde que seja, tão somente para me fazer feliz. Fecho os olhos, suspiro profundamente e me sinto em paz. Para você que me lê neste sábado ensolarado, desejo que encontre no decorrer do dia, sua própria pausa e com ela, encontre instantes benditos de paz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário