Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2009

Coerência Existencial

É a busca do entendimento de nós mesmos em relação á nossa vida no exercício cotidiano de viver.
Este despertar é essencial na medida em que nos tornamos doutores em tudo, buscamos entendimento minuciosos e daí evolutivamente crescemos nos campos tecnológicos e científicos, artísticos e culturais de todos os tipos e fomos nos esquecendo de buscar um maior esclarecimento sobre nós, não apenas nos limitando como temos feito nos últimos 150 anos, donde nos aperfeiçoamos quanto ao entendimento de nossa matéria em detrimento de nossa mente.
Não há na história da humanidade, um volume tão expressivo de criaturas geniais e criativas como vem ocorrendo neste período.
Fomos proliferando na genialidade criativa e nos alienando quanto ao entendimento da razão de nossas existências. Daí a crescente violência interpessoal, onde não há a consciência da necessária parceria, que verdadeiramente nos mantém com vida.
Portanto, coerência existencial é o entendimento harmonioso entre o ser matéria e o ser me…

Novas Perspectivas

Ao longo dos últimos quarenta anos, a família foi se transformando em suas apresentações e atribuições, deixando grande parte das responsabilidades da condução educacional postural e emocional à cargo da escola, que por sua vez, viu-se diante de um compromisso além de sua capacidade e competência, visto que não se preparou para tamanha tarefa, muito porque não havia possibilidade até mesmo pela falta de tempo de permanência do aluno no estabelecimento escolar. Estas transformações familiares não aconteceram da noite para o dia e tão pouco isoladamente, mas foi sendo recebida pela sociedade em geral irresponsavelmente, apesar de ter sido por todo o tempo, tema de variados estudos e discusões com apresentações verídicas dos efeitos desastrosos sobre a postura do corpo social.
Concomitantemente, os valores até então condutores posturais, foram sendo soterrados sem que fossem substituidos, deixando, portanto, tanto a criança quanto o adulto sem parâmetros norteadores.
Não é de se estranha…

EDUCAÇÃO, ALIMENTO BÁSICO HUMANO.

Às vezes, penso que não sabemos a extensão do significado das palavras que usamos. Falamos em educação e nos engessamos neste ou naquele aspecto sem a devida observância de que o têrmo educação é amplo e se apresenta disfarçado em todas as atividades em que estamos envolvidos.
A falta de reconhecimento de sua inserção ocasiona transtornos absurdos no andamento de toda e qualquer atividade,retardando, no mínimo, as iniciativas no andamento ou conclusão de toda e qualquer atividade, inclusive e principalmente a emocional, que determina as posturas das criaturas no cotidiano de suas existências.
A aplicação da educação se expressa de forma sutil, na maioria das vezes sem que haja por parte do agente provedor qualquer consciência de a estar oferecendo,inclusive dando à situação outras denominações. Até aí, tudo bem, mas fico imaginando o quanto seria proveitoso se houvesse o entendimento da imensa necessidade em sermos educados em nossas intenções nos menores atos e pensamentos de forma vol…

Participação

Hoje, amanheci super inspirada e dei continuidade a um projeto que venho desenvolvendo para enviar à Secretaria de Educação de Vera Cruz, Bahia, como colaboração espontânea, cujo gestor sinto engajado em um espírito de luta onde o objetivo prioritário é uma consistente melhoria, não só do ensino como das relações interpessoais entre alunos e professores.
É uma iniciativa arrojada e inédita que não está vinculada a projetos acadêmicos, muito por que não sou da área e a elaboro baseada nos resultados educacionais baixíssimos, que como um polvo gigantesco invade com seus poderosos tentáculos todos os demais setores de convivência do município.
Existe uma lógica postural que agrega família, escola, gestão e a sociedade como um todo, cujos objetivos de resultados positivos são previsíveis, em projetos de aplicação simples e objetivos, que, no entanto, se perdem frente a diversos interesses, no mínimo políticos, fazendo que não aconteçam e fortalecendo a distância entre os envolvidos.
Por esta…

REEDUCAÇÃO VIVENCIAL

"As infinitas expressabilidades de vida a que vivenciamos em um ciclo ininterrupto, são oportunidades evolutivas onde a interatividade de vida é a tônica principal."

Existem fontes inspiradoras e impulsionadoras a favorecer esta evolução e que é oferecida por cada fragmento representativo de vida, que acredito ser a memória emocional que levamos ao fenecer a matéria, e que trazemos junto a nós, somado à outras vivências a cada despertar vivencial.

Esta memória não é consciente, mas determinante quanto ao perfil que a partir daí vai sendo traçado junto ao desenvolvimento físico.

Vontade Voluntária

O nosso ofício maior é o ministério de nossa própria vida, resgatando através da reeducação do nosso vivenciar a nossa sensibilidade bioenergética, através do qual adentramos em nós mesmos e donde extrairemos as revelações que justificarão as nossas posturas, assim como daremos a elas consciência da vivência atual sem camuflagens, levando-as à harmonia do reconhecimento de cada instante, não como se ele fosse o último, mas certamente o único, precioso, insubstituível e irrecuperável momento de vida.