Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2009

FOCO PRINCIPAL - DESPERTAR DOS SENTIDOS.

Apesar de sermos agraciados com sentidos extremamente valiosos, sequer os percebemos se não formos privados dos mesmos ,seja pela ação genética, acidental ou patológia. O objetivo maior deste método é justamente resgatá-los nas memórias inconciente das crianças tão logo elas ingressem nas escolas, iniciando-se a partir daí um intercâmbio autenticamente biológico onde todos os recursoa a serem utilizados se encontrarão ao alcance de cada uma, precisando tão somente serem estimulados e aperfeiçoados através de uma visão ampla que a criança passará a perceber em si em relação a si mesma de forma absolutamente natural.
O conhecimento dos mesmos virá através do entendimento de cada um deles, quando devidamente reconhecido em suas potencialidades, trazendo então à criança uma gama sem limites de visão existencialista que propiciará a ela uma concientização do sentido de sua vida, mais real, simples e comovente, pois estar-se-á oferecendo a ela mecanismos exploratórios cujos recursos estar…

SEM MEDO DE SER FELIZ

No dia primeiro de setembro, acordei inspirada e registrei neste blog a minha satisfação por estar tendo a chance de vivenciar a chegada de mais um radioso setembro, nesta cidade da qual me apaixonei há alguns anos atrás e que, desde o início, abrigou com respeito a mim e a minha família, fazendo-nos crer em todos os momentos que havíamos encontrado o nosso éden de paz.

E lá se vão oito anos, que mais parecem toda uma vida pela sensação de aconchego que por todo o tempo nos envolveu.

Fomos inseridos naturalmente no contexto cotidiano e sem que percebessemos já estávamos, através de nosso jornal, lutando, sonhando, sofrendo, ganhando e perdendo a cada instante na defesa dos direitos democráticos de todos nós, até mesmo em cima de um palanque, envolvidos que nos sentíamos no processo sucessório em 2008.

Extravasei, na ocasião, sem medo de ser feliz, em uma explosão de vida participativa, emoções represadas de filósofa social e me permiti, assim como me foi permitido, expressar sentimentos,…

MOMENTO HISTÓRICO EM ITAPARICA

De repente, de pé encostada na balaustrada do plenário da Câmara de Vereadores de Itaparica, estando de posse de minha máquina fotográfica a tudo registrando, volto agora a um passado, assim nem tão distante, onde em inúmeras ocasiões no exercício de minha profissão, desejei muito presenciar um ato democrático de tamanha importância.

Tento disfarçar a emoção que faz escorrer uma lágrima sobre minha face, que acima de tudo é de uma social democrata, apaixonada frente a um momento cívico de valiosa grandeza, pois se transfigura em uma só voz, retratando a vontade soberana de um povo sofrido, mas repleto de dignidade ao reconhecer o erro cometido ao eleger um candidato coberto de glórias passadas, mas que já não pode representar as necessidades de um presente, o que dirá de um futuro .

Não há até o momento, e lá se vão quase 6 horas de plenário, uma única palavra ou postura que não estivesse coadunando-se com as expectativas do povo presente a esta casa, chamada de cidadania.

Olho ao meu re…

A CHEGADA - PASSOS INICIAIS

foto: www.blogdicas.com.br

O tempo de adaptação da criança na transição casa / escola é variante, assim também quanto a adaptação da educadora que estará diante de novas crianças, iniciando uma tarefa que exigirá atenção direcionada por mais um ano letivo.

Portanto, ambas precisarão de tempo e condições adaptativas à interação participativa.

Independentemente da série a que a criança será inserida, torna-se necessário um espaço entre a chegada à escola e o início das aulas, assim como já ocorreu um espaço ativo entre a casa e a escola, onde certamente houve a inserção de uma série de fatores externos, contribuindo de forma maciça na constituição emocional, também de ambas, criando uma agitação real em todo o sistema físico e psíquico e que se expressa de formas variadas, tendo como ponto em comum o despertar de sentimentos contrários ao ato de iniciar uma nova experiência, e através deste conjunto de fatores nasce uma rejeição que ao longo do período letivo se expressará de diversas form…

Introdução à reeducação Vivencial - VIDA E LIBERDADE

Ao me interessar pelo estudo das emoções humanas e passar a observá-las, a princípio, percebi que as criaturas se expressavam posturalmente num misto de conveniência e medo, mas com o passar do tempo, a bagagem de variações foi aumentando e a conveniência foi perdendo espaço para o medo, que se tornou a tônica de minhas pesquisas e entendimentos.

Percebi também o quanto éramos despreparados para o convívio de qualquer natureza, não havendo nada além da pura expressão sensitiva guiando os relacionamentos, independentemente das diferenças culturais, políticas e sociais, levando-me à inevitável conclusão quanto a existência de uma genética emocional oriunda da necessidade compulsiva em transmitir-se a essência do que somos e, para tanto, não havendo necessariamente qualquer fator hereditário, permanecendo a convivência como motivadora e indutora postural físico e emocional, quase que absoluto, ficando apenas uma fracionada fatia menos expressiva às heranças genéticas, indubitavelmente …

DITADURA EMOCIONAL

foto: fotogarrafa.com.br

Não há inegavelmente na era presente, quem supere o egocentrismo do Presidente LULA.
Ouví-lo discursar, com certeza é uma oportunidade em ter uma amostra clara e nítida do quanto ele sabe fazer marketing pessoal, aliás, este sempre foi o seu maior mérito, tanto que se fez presidente da república e, ainda por cima, conseguiu induzir a grande maioria do povo brasileiro quanto a sua eterna inocência frente a qualquer improbidade, seja administrativa ou do seu pessoal mais próximo.

Incansável, ele discursa e prega um otimismo contagiante, sempre mostrando o positivismo das conquistas econômicas, o que é pura verdade, mas que empana as profundas derrotas no campo social, arrastando a poeira do caos educacional, por exemplo, para debaixo de um enorme tapete, que ele sabiamente conhece e ajuda a manter, que é a ingenuidade tupiniquim que domina e que leva os pretensos cidadãos brasileiros a crer que poder adquirir em 24 meses uma TV, um tanquinho ou coisa que o valha, s…

Aves de rapina vivenciais.

Águia imperial ibérica uma das aves de rapina mais escassas do mundo, restam 90 pares.foto: /img29.imageshack.us


Às vezes, penso que se não fossem as luzes e as cores deste universo que me inspiram, seria muito difícil conviver com determinado tipo de pessoas, cuja escuridão existencial é apavorante por ser extremamentente predadora. Elas se encontram em todos os lugares, sempre espreitando uma nova presa e, para tanto, revestem-se de mil camuflagens enganativas, demostrando energia e disposição em seus cotidianos de infelizes sombras da obscuridade.

Não há como evitá-las, tudo que se precisa é ter cuidados prá lá de especiais, pois são maquiavélicas, ardilosas, totalmente sem limites e sempre sedentas de vingança contra qualquer pessoa, sem que haja um motivo específico.
Suas mágoas são tão fantasiosas na motivação quanto reais em seus sentimentos e condutas.
Em resumo, são criaturas cruéis por natureza, talvez em uma conjunção de genética e vivência. Seus históricos são de solidão perma…

Crônicas do Cotidiano

foto: www.parcapuane.it

Hábitos inesquecíveis
Ainda pensando no quanto gosto deste mes de setembro e desta primavera que já coloriu o meu jardim tropical,não podendo e não querendo impedir as lembranças que afloram abusivas,não me deixando alternativa, se não tão somente vivencia-las.
Nesta manhã de domingo, acordei sentindo o aroma perfumado do café que minha mãe logo cedinho preparava para a família e é claro que com ele vinha o pãozinho francês que ela carinhosamente esquentava ao forno e que ao passar nele a manteiga,esta se derretia colorindo -o e saborizando aquele pão que mais que forrar o estomago naquelas manhãs inesquecíveis,aquecia a alma,nutria nossas passadas.E nestas lembranças que me fazem sorrir direciono-me ao meu despertar diário,sempre saudando a vida,herança bendita oriunda de uma aparente simples rotina.
E aí ,como filósofa ,insistente pensadora,fico crendo no quanto fazem falta os cafés ,os almoços ou jantares em que as famílias se reuniam em torno de uma mesa , indu…

É PRIMAVERA

foto: /img.blogs.abril.com.br

O dia ainda não amanheceu por completo, mas já posso sentir a diferença, afinal, setembro chegou e com ele a primavera, que vem trazendo doces lembranças.
Chego até a janela para poder sentir mais profundamente o ar desta manhã que promete ainda um pouco mais de chuva, talvez, quem sabe, para nos banhar, tirando, então, o peso da tristeza de não estarmos juntos.
Lembro-me de cada encontro, planos, sorrisos e desavenças que povoou nossos dias e semanas daquela primavera em que estivemos juntos, unidos sem uma razão maior que a certeza de que estava valendo a pena, sorrir e chorar, sem medo de ser feliz.
A primavera do ano de 2008, marcou definitivamente a vida de algumas pessoas na ilha e a minha, com certeza, tornou-se mais amena e iluminada. Naquele ano, conheci e convivi com uma gama imensa e diferenciada de criaturas que adicionaram à minha existência mais luz e conhecimentos. Lembro-me de cada segunda -feira, em que nos reuníamos na Sede do Club Social e …