segunda-feira, 22 de setembro de 2014

BREVES INSTANTES


Vem chegando a primavera e com ela a profusão de cores e perfumes que tornam nossas vidas bem mais interessantes.

Os dias amanhecem mais cedo e o sol, torna-se translúcido, cobrindo-nos de uma quentura suave que invade sem afrontas à nossa alma, iluminando nossas mentes, direcionando nossa autoestima,afinal, nos sentimos mais saudáveis, mais bonitos e consequentemente, o mundo se descortina e tudo nos parece menos duro, mais sensivelmente adorável.

Penso então,que vale investir no acolhimento desta estação bendita, abrindo simbolicamente, nossa vontade voluntária de tão somente absorver o melhor que os instantes de vida nos oferece, transformando-os e vivendo cada um, não como se últimos fossem mas tão somente, reconhecendo neles, a brevidade de serem únicos e, portanto, merecedores de toda a nossa atenção.

Olho através da janela e enxergo o meu jardim totalmente iluminado e posso através desta luz, também enxergar o mar que está ali, um pouco mais adiante, fazendo de minha memória, um catálogo de beleza e inspiração, de onde recolho apaixonada, subsídios para descrever as infinitas belezas da vida que me seduz.

E então, convenço-me mais ainda de que estou na presença de Deus.

Curvo-me inebriada e só consigo esboçar um sorriso e o meu muito obrigado, neste dia 22 de setembro de 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário