quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Por um instante

Fecho os olhos e posso enxergar diante de mim o meu mar de Ipanema que abrigou momentos de imensas alegrias.
Fecho os olhos e posso sentir o cheiro da sua maresia, invadindo-me delicadamente.
Fecho os olhos e me sinto por inteira de volta as minhas origens
Vejo minha mãe com seu vestido rodado, pisando nas areias fofas, buscando os coqueiros para se abrigar do sol.
Ouço sua voz, chamando por mim e posso sentir meu corpo molhado da agua gelada, arrancando arrepios, enquanto, o som do mar beijando a areia me distrai.
Fecho os meu olhos e sinto o gosto salgado em meus lábios e então penso, que quero mais!
Abro meus olhos e me vejo sorrindo, tendo ainda, tanto a recordar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário