domingo, 21 de setembro de 2014

SEM PUNIÇÃO


Observo que continua aberta a temporada da grosseria, das calúnias, dos destemperos, da total falta do respeito humano, afinal, estamos vivendo as campanhas políticas, onde tudo é possível no quesito, agressão.
Que coisa hein!!!!
Antes de mais nada, trata-se de um abuso em nome seja do anonimato, da onipresença ou da total irresponsabilidade com o direito alheio e particularmente, sinto-me entristecida com a capacidade humana em ser absolutamente, incoerente e abusivo no trato com os demais.
E pensar que geralmente, essas agressões partem justo de pessoas que pregam, justiça, igualdade de direitos e muitos outros, blá, blá ,Blás, sem qualquer fundamento consistente.
Perde-se assim, preciosos momentos em que poder-se-ia aprender muito em relação às diferenças, seus encantos e riquezas.
Particularmente, adorei percorrer ruas e ladeiras, abraçando e sendo abraçada, recebendo e doando a espetacular certeza do quanto é gratificante participar ativamente da alma pulsante de minha cidade, ao invés de tecer suposições à respeito do quanto seria bom, fazer e acontecer e o que é ainda pior, denegrindo isto ou aquilo, este ou aquele, num exercício inútil em demonstrar a profunda ignorância em relação às práticas democráticas.
Como confiar em alguém que não respeita, ideias contrárias?
Observo e penso nisto, antes de abraçar meus "pseudos ídolos".

Nenhum comentário:

Postar um comentário