quinta-feira, 8 de junho de 2017

SIMPLES ASSIM


Não há um estado ético em qualquer postura humana desassociada da honestidade e vice-versa.
No cotidiano sistêmico há cada milionésimo de segundo à tentação do brilho do convencimento de que: ” Não posso perder esta oportunidade”, é sempre muito aliciadora ao pouco atento.
Portanto, conseguir associar as perdas incomensuráveis advindas da fraqueza em se deixar convencer pelo mais que entendido como inadequado, é sempre uma enorme vitória pessoal, pois significa mais um degrau vencido na subida de objetivos à uma vida dedicada à evolução energética que garantirá a eternidade.
O universo sempre devolve na mesma vibração, também, só percebida pela criatura atenta.


Nenhum comentário:

Postar um comentário