sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

UM FLASH DO PASSADO


 
Olhando para uma foto postada no Face, pela minha velha amiga Lázara, imediatamente as lembranças afloraram, trazendo consigo  maravilhosas recordações de um sítio no qual residi por oito anos.

Na foto e na lembrança, lá está ela, linda com seu tom especial de lilás, quase chegando ao roxo, fazendo lembrar-me do rosa que me encanta em um cenário, que generosamente a natureza me ofertou sempre pontual, a cada primavera.

Era a bendita Piúva que se destacava dos IPÊS que, amarelos e soberbos, faziam dela estandarte em meio a toda a grandeza da Serra da Piedade, em Minas Gerais.

Lembrando, sorrio e choro, agradecida que sou por ter tido os meus olhos tamanho espanto pra ver.

Agradecida que sou por ainda me sentir viva e poder lembrar, as belas coisas que a vida generosa me ofertou e eu, nada rogada, recebi e as guardei.

Penso então, que as lembranças são como as orações, pois fazem com que os nossos sentimentos, quando adormecidos, despertem, trazendo consigo, um sorriso e uma lágrima de amor.

Benditos IPÊS e PIÚVAS, da minha Caeté, amada.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário