quinta-feira, 24 de setembro de 2009

MOMENTO HISTÓRICO EM ITAPARICA


De repente, de pé encostada na balaustrada do plenário da Câmara de Vereadores de Itaparica, estando de posse de minha máquina fotográfica a tudo registrando, volto agora a um passado, assim nem tão distante, onde em inúmeras ocasiões no exercício de minha profissão, desejei muito presenciar um ato democrático de tamanha importância.

Tento disfarçar a emoção que faz escorrer uma lágrima sobre minha face, que acima de tudo é de uma social democrata, apaixonada frente a um momento cívico de valiosa grandeza, pois se transfigura em uma só voz, retratando a vontade soberana de um povo sofrido, mas repleto de dignidade ao reconhecer o erro cometido ao eleger um candidato coberto de glórias passadas, mas que já não pode representar as necessidades de um presente, o que dirá de um futuro .

Não há até o momento, e lá se vão quase 6 horas de plenário, uma única palavra ou postura que não estivesse coadunando-se com as expectativas do povo presente a esta casa, chamada de cidadania.

Olho ao meu redor e só enxergo rostos sorridentes e penso, então, no quanto estou feliz por estar vivendo estes benditos instantes onde como cidadã Itaparicana me sinto protegida, amparada e atendida, e assim como eu, cada cidadão que tudo deixou de lado no dia de hoje para aplaudir uma câmara composta de 9 vereadores, com oito presentes, que finalmente decidiu fazer justiça a seu povo.

Empossar como prefeito o SR.RAIMUNDO DA HORA, enquanto transcorre a sindicância que pretende apurar denúncias oferecidas por quatro ex-funcionários municipais sobre a gestão do SR.VICENTE GONÇALVES, é uma atitude correta e que tem como objetivo resguardar a apuração dos fatos com a devida liberdade de movimentos, conferida aos vereadores, legítimos representantes do povo.

Parabéns, portanto, a todos nós que aqui nos encontramos neste dia memorável, pois com certeza estamos contribuindo com este divino exercício democrático, fazendo soar as nossas vozes em pedidos de socorro, cujo eco se faz ouvir na dignidade política de cada vereador, para os quais, eu e todos os presentes, a partir de hoje certamente respeitaremos bem mais.

E neste instante, o Hino Nacional se faz ouvir em uma só voz composta pela força vibratória da solidariedade cidadã que se instalou em cada um de nós e, mais uma vez, outra lágrima teimosa rola sobre o meu rosto, e eu já não importo mais em disfarçar, pois me sinto mais do que nunca integrada e participante com o meu direito resguardado pelo amor e ternura que sinto por esta ilha e particularmente por este pedaço, que chamo de meu, chamado Itaparica, cuja bandeira erguo com orgulho e respeito.

24 de setembro de 2009 entrará para a história como um divisor de águas no entendimento cívico de cada cidadão Itaparicano, que vê os seus direitos serem defendidos e seu voto respeitado
.

Ó PATRIA AMADA, IDOLATRADA, SALVE, SALVE !!!!!!!

--

Nenhum comentário:

Postar um comentário