terça-feira, 14 de outubro de 2014

QUE COISA HEIN...


Fico pensando no quanto o fanatismo de qualquer natureza pode se transformar num indutor destrutivo das posturas humanas.
O fanático, perde o senso avaliativo de seu próprio comportamento emocional, não se enxergando e tão pouco se ouvindo, pois caso contrário estaria com o seu senso crítico na ativa e perceberia o quanto está sendo inadequado na defesa irracional de sua crença, seja ela qual for.
É possível observar neste período político o fanatismo de certas criaturas, que insultam as demais por pensarem diferentemente delas e não percebem que usam as agressões pessoais, por não disporem de argumentos sustentáveis.
Olho pro céu e peço a Deus, perdão para estas criaturas que colocam em si mesmas, viseiras e abas laterais que as impedem de terem uma visão mais ampla do que seja respeito às diferença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário