domingo, 9 de março de 2014

MENSAGEM A UM NOVO AMIGO

Que bom, o dia amanheceu e, novamente, eu e você teremos a oportunidade para  mudarmos hábitos e costumes que, durante anos, nada além de dores e aborrecimentos nos causaram.
Presos aos elos de uma falsa segurança fomos, nem sempre conscientemente, alimentando posturas emocionais que nos transformavam, mas apenas no aparente, em pessoas fortes e resistentes, quando na realidade sempre fomos apenas teimosos e inconsequentes.
Enganosamente, fomos direcionados pela total ausência do conhecimento de nós mesmos, a insistir nisto ou naquilo, acreditando que, assim, estávamos cuidando de nossa preservação em todos os níveis.
Qual nada...
Apenas e tão somente, como pássaros cantadores, por costumes confortáveis a uma acomodação que nos é peculiar, cantamos e cantamos sempre de volta ao mesmo espaço, velho amigo e companheiro, fazendo dele nosso porto seguro, quase sempre, nem tão seguro e com certeza jamais um porto ideal.
Que neste domingo ensolarado, acordemos mais dispostos a olhar um pouquinho para o nosso interior, buscando coragem para com a mesma insistência que nos caracteriza tentar encontrar uma pequena inspiração que nos leve a refletir com mais amor e sabedoria, o que melhor nos convém e com a coragem que imprimimos no enfrentamento da dor e das frustrações, enfrentemos a nossa realidade de pássaros viajantes que por aqui, apenas, se encontram de passagem.

E, portanto, ser feliz, achando e se sentindo bonito é a única meta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário